Importância dos Exercícios
A quantidade de tempo que se passa sentado durante as atividades diárias pode afetar a saúde.

De acordo com pesquisa realizada pelo Sesi em 2016, por meio do Sistema de Avaliação do Estilo de Vida e Produtividade (SAEVP), a média de trabalhadores Inativos Fisicamente no Paraná aumentou de 37% em 2015 para 39% em 2016 (porcentagem aproximada). No mesmo estudo, verificou-se ainda um alto percentual de trabalhadores "Inativos Fisicamente nos Deslocamentos" - cerca de 79%.

Em uma nova concepção, o comportamento sedentário não pode ser explicado como a ausência de atividade física, mas sim, por diferentes atividades realizadas sentadas e com baixo gasto energético.

Novos achados epidemiológicos sugerem que longas jornadas de tempo passadas na posição sentada têm efeitos nocivos para a saúde cardiovascular e apresentam relação direta com altas taxas de mortalidade, mesmo entre indivíduos que são considerados fisicamente ativos de acordo com as recomendações atuais de atividade física (150 minutos de intensidade moderada de atividade física aeróbica por semana ou 75 minutos de intensidade vigorosa de atividade física aeróbica por semana).

Nesse sentido, aumentar a prática de atividades físicas de intensidade moderada a vigorosa, simplesmente, pode não ser suficiente para alcançar a plenitude de benefícios para saúde e qualidade de vida, sendo necessário também reduzir com maior efetividade a quantidade de tempo que se passa sentado durante as atividades diárias.


ENTRE EM CONTATO
Quer saber mais? Preencha o FORMULÁRIO DE INTERESSE para entrarmos em contato ou consulte a unidade mais próxima.